27 de ago de 2013

pr Otimar e Laura moreno

um belíssimo testemunho com o pa

A HISTÓRIA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL

  BREVE HISTÓRIA DA DOUTRINA DO ESPÍRITO SANTO
          No primeiro século o ESPÍRITO SANTO era sentido experimentalmente pelos cristãos, isto é, tinham um relacionamento experimental com Ele
         Mas com a morte dos Apóstolos, os Pais da Igreja começaram a introduzir  filosofias humanas nas puras doutrinas deixadas por Jesus.
         JUSTINO O MÁRTIR: Identifica o Espírito de Jesus como o ESPÍRITO SANTO
         ATENÁGORAS: (Considerado herege e Pai da Interpretação Alegórica): Cria que os autores bíblicos entravam em um processo de êxtase.
         Com os alegoristas veio também a idéia de que o ESPÍRITO SANTO era u ser criado, um Espírito que trabalhava para Deus, superior aos anjos e inferior à Deus.
ATANÁZIO: Foi o refutador de tal método de interpretação, e mostrou através da Bíblia a HOMOUSIA. Mesma substância, igual à Deus.
         ÁRIO: Dizia que o ESPÍRITO SANTO era uma emanação de Deus - uma força, energia emanada de Deus.
         GREGÓRIO NAZIANZENO: Refutou a idéia de que o ESPÍRITO SANTO era uma força. Ele dizia que o ESPÍRITO SANTO era Deus. Sua idéia foi apresentada no Concílio de Constantinopla (381 d.C.), mas não conseguiu acabar com a heresia.
         MONTANISTAS: (III Séc.) Liderados por Montano n Frigia, Ásia Menor, foi uma das heresias mais marcantes.
         Na cidade de Prepusa, na Frigia, Montano, com a ajuda de duas mulheres (Priscila e Maximila), pregavam suas heresias.
         Pregavam a proibição do sexo, mesmo no casamento. Que Prepusa era a Nova Jerusalém, pelo fato de haver tido o 2º derramamento do ESPÍRITO SANTO como no Pentecostes.
         Estas duas mulheres eram consideradas profetizas porque tinham visões, entravam em êxtase e falavam em línguas. Eles consideravam estas manifestações pentecostais como derivadas do “Pentecostes”.
         Este foi o 1º Movimento Glossolálio, algo fora do Pentecostes, completamente diferente.
         Montano se considerava o PARACLETO, ou seja o próprio ESPÍRITO SANTO, a 3ª pessoa da trindade
 PERÍODO DA REFORMA
         Neste período os credos começaram a ter mais base bíblica ( Sola Scriptura).
         CALVINO: É o ESPÍRITO SANTO que traz autoridade , inspiração da Bíblia.
         JOÂO WESLEY: Ele fundou o “Clube dos Santos”: Grupo de crentes que acreditava haver uma santificação através da presença do ESPÍRITO SANTO - 1ª grande ênfase do trabalho do ESPÍRITO SANTO
         Idéia de Salvação em 2 estágios:
         1) Justificação: Batismo da Água
         2) Santificação: Processo posterior

SURGIMENTO DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
          No final do Séc. XIX, começa a haver uma ênfase nas experiências de conversão, de reavivamento, experiências emocionantes, sentimentalistas.
          1ª Manifestação
          Em 1986, na cidade de Topeka, Kansas, através de Carlos Parham, surge a idéia de que o Batismo do Espírito é uma experiência subsequente à da conversão. Aqui é estabelecida 2 conversões:
         1) Justificação: Batismo da Água
         2) Santificação: Batismo do Espírito
         Agnes Ozmann estudava em um colégio onde Parham pregou. Durante a pregação Parham impôs as mãos sobre ela ( 01/01/1901), e ela começou a falar em línguas ( Glossolalia).
         2ª Manifestação
 Em 1906, na Rua Azuza, 312, Los Angeles, através do Pastor negro W. J. Seymour pregava baseado em Atos 2 que a conversão se dá em 3 estágios:
         1) Justificação
         2) Santificação
         3) Batismo do Espírito Santo

PENTECOSTALISMO NO BRASIL
          Um pastor batista, branco, chamado W. H. Durham vê a pregação de Seymour na Rua Azuza. É através de Durham, em Chicago que o pentecostalismo chegou ao Brasil.
         Durham voltou para pregar em sua igreja em Chicago, e nesta época dois imigrantes da Suécia vieram para trabalhar nos EUA
         Daniel Berg e G Vingreen eram batistas, freqüentaram a igreja de Durham e em 1909 G. Vingreen recebeu o batismo do ESPÍRITO SANTO
         Certa vez, um irmão teve um sonho e disse que eles deveriam pregar em um lugar chamado “Belém”. Procurando no mapa, eles encontraram um lugar chamado “Belém do Pará”.
         Em 1910, chegaram à Belém do Pará e foram assistir numa Igreja Batista, porém foram expulsos. Mas 18 Pessoas aderiram à esta idéia.
         Através destas 18 pessoas começou a 1ª Igreja Assembléia de Deus em Belém do Pará, derivada da Igreja Batista.
          Outros Movimentos:
         1º) Também derivado de Durham, em 25/08/1907, chega outro operário em Chicago; L. Franciscon, de origem Presbiteriana.
         Vai à Buenos Aires e começa a pregar, mas sem sucesso. Em 1909, vai para São Paulo, procura uma Igreja Presbiteriana de onde também é expulso.
         Em 1910, um grupo influenciado por ele forma a 1ª Igreja Congregação Cristã do Brasil.
          2º) Surgiu também derivado de Durham. Uma jovem chamada Aiemee Semple McPherson. Ela era metodista convertida no Canadá em 1907, que entrou em contato com Durham.
         Foi à China como missionária, e quando voltou, já com outra visão , funda a Igreja do Evangelho Quadrangular em Los Angeles.

         Através das Cruzadas, em 1953, chega ao Brasil através dos Missionários Americanos Harold William e Raymond Bootriment.