23 de mar de 2011

Jesus sorrindo


JESUS RINDO! Na Florida existe um artista que pinta quadros enormes (do tamanho de uma porta) em 30-45 minutos.

O artista prefere permanecer anônimo e diz que quer que as obras falem por si mesmas. 
Observe com cuidado e veja que as obras foram assinadas 'Jesus Painter' (Jesus Pintor)...

Cristo rindo! Um conceito que eu nunca vi antes.
Lindas obras feitas a lápis...


Deus fecha portas que homem nenhum pode abrir e Deus abre portas que homem nenhum pode fechar.

2 de mar de 2011

A Pessoalidade do Espírito Santo | Na Mira da Verdade

A Pessoalidade do Espírito Santo | Na Mira da Verdade

twitter

quer me seguir no twitter e so ir lá: www.twitter.com/jonnydbv. vamos conversar, trocar figurinha sobre Desbravadores.

Um novo jeito de pensar e viver - sermão

INTRODUÇÃO
Em Romanos 12:2, Paulo resume o estilo de vida esperado daqueles que aceitaram a maravilhosa salvação oferecida por Deus (descrita nos capítulos anteriores da carta), mostra como esse estilo de vida pode ser conseguido e apresenta resultado.
I – NãO  VIVER EM hARMONIA COM O PADRãO DO MUNDO
“Não vivam como vivem as pessoas deste mundo” (12:2a, BLH).
A palavra “conformar” quer dizer moldar, modelar, adaptar-se, tomar a mesma forma, tornar-se igual.
A palavra grega traduzida por “mundo” ou “século” não é kosmos (mundo no sentido físico), mas aion. Aion significa “a era presente”, “o espírito da época”, “o estado de coisas que caracteriza o período atual”, “o mundo secular com tudo o que o envolve”. Os rabinos costumavam dividir o tempo em dois  aions: o velho aion, que era o período presente, e o novo aion, que era a época do Messias. Hoje, os dois aions convivem paralelamente. Portanto, ao escrever “não vos conformeis com este século”, Paulo estava dizendo: “Não sejam meros produtos do meio em que vocês vivem. Não deixem o mundo determinar seu padrão de pensamento e comportamento. Vivam como autênticos cidadãos da nova era, mesmo tendo que viver e atuar no velho aion.” Na Bíblia, vemos um contraste total entre o que é do mundo e o que é do Céu, o que vem do diabo e o que vem de Deus. Para os leitores de Roma, essa expressão era muito rica em significado. Mas o que significa não se conformar com o mundo para nós que vivemos no século 21? Qual é o padrão e o estilo do mundo? O sistema do mundo é (1) orientado pelo dinheiro; (2) marcado pelo desejo de notoriedade, fama e popularidade; (3) direcionado para o poder; (4) caracterizado pela luxúria e a busca do prazer; (5) baseado na exclusividade (amor pelos que pertencem ao grupo); (6) caracterizado pelo consumismo; (7) centralizado apenas no aqui e agora; (8) governado pelos caprichos, em vez de princípios; (9) tolerante com as estruturas de injustiça, exploração, violência e morte; e (10) moldado pelo secularismo, colocando Deus na periferia da vida ou descartando-O totalmente. Como é possível viver no mundo sem ser do mundo, como é possível estar no velho aion vivendo a vida do novo aion?
II – MUDANçA NO PADRãO DE PENSAMENTO E COMPORTAMENTO
“Mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança das  suas mentes” (12:2b, BLH). O verbo transformar, no original, é metamorfo, que deu origem ao vocábulo metamorfose. Pensem na transformação de uma lagarta em borboleta. A mesma palavra é usada em Mateus 17:2 para descrever a transfiguração. Paulo também usa o vocábulo em 2Coríntios 3:18, onde diz que nós devemos ser transformados de glória em glória até refletir completamente a imagem de Cristo em nós. O cristianismo é a religião da renovação e da mudança, que começa no centro da nossa personalidade, na mente. Infelizmente, nem todos desejam efetivamente mudar. Há vários fatores que dificultam as mudanças:
 · Tradição. “Sempre foi feito assim, por que mudar?” Somos criaturas do hábito.
· Identificação com a opinião da maioria. Apenas 2,5% dos membros da igreja costumam ser inovadores.
· Comodidade e falta de incentivo/iniciativa. “Todas as coisas continuam em estado de repouso a menos que sejam impulsionadas a mudar por uma força externa” (Isaac Newton, Primeira Lei do Movimento).
· Medo do desconhecido. A maioria prefere o conforto do conhecido ao desafio do desconhecido.
· Proteção contra a dor. No início, quase toda mudança gera desconforto. Paulo sugere uma mudança. Como consegui-la? Primeiro, devemos nos conscientizar de que é possível mudar. Se não pudéssemos mudar, os frequentes chamados de Deus à mudança não fariam sentido. Em segundo lugar, devemos tomar consciência dos nossos padrões errados de pensamento ou comportamento e decidir abandoná-los. A Bíblia chama esse processo de arrependimento. Em terceiro lugar, é preciso eliminar os resíduos tóxicos provenientes dos padrões mundanos acumulados em nossa mente: o sentimento de culpa, o ódio, a raiva. A maneira de eliminá-los é através do perdão.
A mudança é essencialmente um trabalho divino, mas exige nossa cooperação. “Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, que é boa, perfeita e agradável a Ele” (12:2c, BLH). Muitos cristãos procuram descobrir qual é a vontade de Deus para sua vida. O pastor Morris Venden tem um livro com várias sugestões nesse sentido. Mas o apóstolo sugere que aqueles que têm a mente transformada por Deus irão descobrir naturalmente a vontade de Deus, no sentido geral.
CONCLUSãO
Uma lenda fala de um lindo cisne quepousou às margens de um lago onde um grou andava em busca de lesmas. O grou olhou para o cisne por alguns momentos, e perguntou:
– De onde você veio?
– Vim do Céu!
– Onde é o Céu?
– Você nunca ouviu falar do Céu?
Então o cisne começou a descrever a Cidade Eterna com todo o seu encanto. Mas não conseguiu despertar o mínimo interesse do outro pássaro. Finalmente, o grou perguntou:
– Tem lesma lá?
– Não, não existem.
– Então – disse o grou, continuando a andar pelas lamacentas margens do lago
– você pode ficar com o seu Céu, porque eu quero é lesmas! Muitas pessoas ficam tão absortas com as coisas do mundo que perdem todo o interesse por outras coisas mais importantes. Só veem e desejam o que é trivial e fútil. Não seja um grou!
 Marcos De Benedicto
 Editor na Casa Publicadora Brasileira
                                                          revista do ancião 1º trimestre de 2011                    
                                                                                                Jonny Dias
                                                                                       obreiro evangelista a.e.s